English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

DOPPELGÄNGER




Primavera de 1845...

A classe estava silenciosa no pensionato para meninas Von Neuwelcke na região que agora conhecemos como Letônia. As crianças copiavam sistematicamente a lição que a professora Emilie Sagée escrevia no escuro e imenso quadro-negro. Uma dessas crianças se chamava Julie von Güldenstubbe filha do barão Von  Neuwelcke. Julie copiava tranquilamente, até que um erro levou sua atenção para a dura borracha de látex importado. Após corrigir o engano em seu caderno com perfeição, voltou sua atenção novamente para o quadro-negro. Seus olhos azuis saltaram em desespero...Olhou para os lados e todas as crianças a sua volta olhavam assustadas em direção à professora. Estavam assustadíssimos, pois ao lado da professora, escrevendo como ela, usando as mesmas roupas e realizando os mesmos gestos havia uma pessoa igual a ela. Emilie notou alguém ao seu lado e vagarosamente olhou, ao ver a imagem pálida de si mesma; gritou instintivamente. A figura desapareceu.

Posteriormente a pequena Julie descreveria o ocorrido para o escritor Robert Dale Owen que traria essa história à tona. Contudo não seriam só esses os relatos ocorridos com a professora Emilie naquele misterioso pensionato. Diversos relatos complementariam a trama desse dramático fenômeno conhecido como Doppelgänger. 

E acreditem esse não é um caso isolado. Centenas de pessoas já vivenciaram situações parecidas, inclusive pessoas famosas que você poderá ver e conhecer clicando em quero mais aí abaixo.



Ainda sobre o caso de Emilie existe um relato sobre um  professor que iria dar uma palestra para umas 40 alunas no hall do colégio. Estavam presentes no recinto o professor, a diretora e obviamente as alunas. As janelas do recinto davam de frente com o jardim onde Emilie colhia flores e todos podiam vê-la. 

Terminando a palestra o homem levantou-se e foi até a diretora para cumprimenta-la. E para surpresa de todos, na cadeira do professor, lá estava o Doppelgänger de Emilie sorrindo, pálida como sempre. Muitos também foram os relatos daqueles que diziam comumente ver a professora em dois locais ao mesmo tempo.

Embora tenha sido uma competente educadora Emilie foi demitida, pois o medo no recinto era imenso e os alunos e funcionários já não suportavam mais aquela situação.


Mas as coisas não acabaram. Em um jantar em sua casa, seu Doppelgänger foi visto novamente por todos que estavam na mesa. Ele imitava todos os movimentos de Emilie que se alimentava calmamente, porém em suas mãos não haviam qualquer talher.  


Mas, o que seria Doppelgänger?

O nome Doppelgänger originou-se da língua alemã e tem sua origem na fusão de duas palavras doppel "significa duplo, réplica ou duplicata" e gänger "andante, ambulante ou aquele que vaga". Então pode-se dizer que significa "Réplica andante".

Assim como o nome a lenda também é de origem germânica, segundo as lendas e suas variantes o Doppelgänger possui a capacidade de se transformar numa cópia idêntica ao indivíduo a qual se ligou, de alguma maneira, consegue imitar todos os movimentos da pessoa e também seus sentimentos, como timidez, vergonha, tristeza extroversão ou seu contrário. 


Algumas variantes definem o Doppelgänger como uma criatura cruel e odiosa cujo seu único objetivo seria realizar crueldade com a pessoa conectada ou com aqueles que a rodeiam. Em muitos locais a criatura é descrita como produtora de "maus agouros" e infelicidade. Para alguns aquele que possuir um Doppelgänger logo morrerá pois o ser seria a alma da própria pessoa se projetando antecipadamente para o plano espiritual. Se a criatura for vista entre amigos ou parentes, em alguns locais é considerado de extrema má sorte e logo surgirão imensos problemas emocionais.


Na história diversos são os relatos sobre os Doppelgängers, vejamos alguns dos mais interessantes.
John Donne - O poeta metafísico Inglês, em Paris,1612 viu o Doppelgänger de sua esposa na mesma noite do natimorto de sua filha.


Abraham Lincoln - Na noite, após ser eleito, deitado em um dos sofás de sua casa, ficou olhando para um espelho do outro lado do comodo, viu-se de corpo inteiro, mas possuía duas faces. Ao se levantar a ilusão desaparecia, mas ao se deitar a ilusão reiniciava. As faces eram diferentes uma normal, já  a outra pálida como uma vela. Alguns dias depois, ele deitou-se novamente no mesmo local e a visão retornou pela última vez. Contou para sua esposa que o tranquilizou dizendo que aquilo poderia ser a representação de um segundo mandato. Acho que ela errou.

Johann Wolfgang Von Goethe – Redigiu ter viso a ele mesmo vestido com uma roupa que nunca usara, e veio em sua direção. Segundo a redação esse é um dos poucos exemplos onde o doppelgänger é inofensivo.


George Tryon – Essa é uma das melhores e mais assustadoras aparições. No dia 22 de junho de 1893 o almirante George Tryon foi visto atravessando a sala de visitas de sua família em Eaton Square, Londres. Estático, olhando para frente e sem dirigir a palavra a ninguém, ocorria no local uma festa para sua esposa, então muitas foram as testemunhas. Só que na realidade o almirante estava em um navio da Esquadra no Mediterrâneo naquela noite. Naquele dia o navio sofreu um acidente que quase matou toda a tripulação. 


A ciência tem uma explicação tão desconexa e esdruxula que vou fazer questão de não postar aqui. 

Vou tentar encontrar alguns novos depoimentos e posteriormente estarei  complementando esta postagem. 

Abraços e até breve!






23 comentários:

  1. o.0
    eu acho que eu ja vi um da minha avó!!
    muiito interessate... gostei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carolina como vai? Que bom que gostou! Você já viu? E aconteceu algo? Esses casos parecem não ser incomuns. Assustador!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Seus elogios são estímulos Janice! Que bom que gostou. Abraços e volte sempre! :)

      Excluir
  3. cara, eu li sobre isso um dia desses... isso explica que 1 dia vi o meu amigo no pátio da escola ai perguntei pra ele por que ele não tava na sala de aula, ele disse que foi ver ao banheiro... estranhamente depois ele foi em direção a saída da escola... e quando estava voltando para a sala de aula vi ele no banheiro! ai fiquei me perguntando COMO ele poderia estar saindo da escola e indo ao banheiro ao mesmo tempo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Júnior como vai? Cara que situação assustadora! Não é a toa que você vive com medo. As coisas te perseguem hehehe. E seu amigo? Algo de mal aconteceu? Espero que não! Abraços e valeu pelo apoio!

      Excluir
  4. Acho que isso aconteceu comigo quando criança! Minha avó costumava cuidar de mim e em uma tarde, após o almoço, me colocou para dormir no quarto e foi para sala assistir tv...Ela me viu sair de um pequeno corredor que dava acesso ao quarto, colocar a mão na cintura (deixando os cabelos cairem para o lado). Ela me disse "Por que você não está dormindo?" dai foi até o quarto - me seguindo - e quando chegou lá, eu dormia profundamente! E essa foi só uma das histórias sobrenaturais que vivi com minha avó...Creio que a primeira. Não sabia que havia um nome para tal fenômeno...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá como vai? Primeiramente seja bem vinda ao blog e obrigado pelo apoio! Sua história é bem interessante sua vó deve ter quase morrido do coração. Coitada :). Existem muitos relatos de pessoas que vivenciam episódios semelhantes a este. Parece impossível, mas não é!. Existem muitas coisas a se descobrir ainda. Agora espero mais relatos, pois adorei esse. Abraços e volte sempre!

      Excluir
  5. AH POSTA A EXPLICAÇÃO CIENTIFICA! FIKEI CURIOSONA AGORA! POSTA VAI....

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de saber o que a ciência fala sobre isso =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @Laura e @Naruto Como vão? Logo postarei as idéias cientificas então. Grande abraço e voltem sempre!

      Excluir
  7. Aconteceu isso outro dia comigo. Fui dormir com minha noiva e no meio da noite ela teve vontade de ir ao banheiro, ela me deu a mão e levantou, mas acabou esbarrando em mim que estava dormindo, e quando ela foi olhar pra quem estava segurando a mão dela, não tinha mais ninguém!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michel, como vai? Cara que susto ela de ter tomado. Existem muitos casos sobre esse ser no mundo, espero que não tenha acontecido nada de mal. Grande abraço e volte sempre!

      Excluir
  8. Doppelgänger não é um ser e sim uma situação nais comum com pessoas que teriam um irmão mais velho mais que morreu antes de nascer ou seja ele gostaria de vir para nosso plano mais esta preso num lugar de intercessão e acaba aparecento como o irmão mais novo
    os alemae tinham uma obsessão por gemios pois queriam invocar algo chamado Doppelgänger uma criatura maligna annuciadora do caos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela dica e obrigado pela visita. Volte sempre que quiser!

      Excluir
  9. Dhaegar é seu nome ele vem com a sombra da morte e em seus ombros repousa as maos de zalgo ele vem da noite sua voz proclama o fim em suas bocas repousa o anjo caido pois a noite adormecida recai sobre as almas dos mortos esquecidos


    ele vem...

    ResponderExcluir
  10. Olá again :)
    Matéria muito interessante mesmo. Realmente não sabia de esse "ser".
    A mim nunca me aconteceu e acho que ficaria com os pelos em pé se isso me acontece-se, mas nunca se sabe né? Talvez um dia...mas por agora nunca me passou e adorei ler os relatos nos comentários. Muitos me fizeram arrepiar pois eu coloquei-me nas vossas peles.

    Continuação de um Óptimo trabalho ^^

    ResponderExcluir
  11. Na minha família aconteceu duas vezes " que eu saiba", tenho uma tia-avó que confirma várias vezes que conversou com a mãe dela em Belo Horizonte a muitos anos atrás, mas na mesma época a mãe dela morava no norte de minas. ela diza que por volta das 18 hrs ela sentava na beirada de uma sisterna e por vezes a mãe dela sentava também para conversarem, mesmo depos de morta.
    e meus primos Gleisson e Lilian dormiam no mesmo quarto quando crianças e ambos dizem que já viram suas cópias os observando enquanto dormiam. eu mesmo já presenciei o diálogo deles, mas na inocencia infantil deixei pra-lá. Um dia o Gleisson acordou pela manhã enquanto tomávamos o café ele disse. " a Lilian por que voce não dormiu? te vi andando no quarto a noite inteira, mas quando olhava na cama voce estava lá" e ela respondia " tambem te vi, mas vi voce na cama tambem."

    Parabéns pelo site, leio os textos todos os dias.....tenho muitas historias aterroriantes na família.
    Se quiserem um dia posso compartilhar com voces....

    ResponderExcluir
  12. Um dia em Belo Horizonte no Shopping Popular Uai, ai perto da zona do meretricio, eu estava saindo quando veio um cara muito estranho, eu reparei nele pq era aqueles rockeirão sabe... ai ele passou por mim, ai me distrai com uma vitrine por 4 segundos + - quando continuei meu caminho para a frente ele passou por mim novamente, dessa vez me olhando.

    ResponderExcluir
  13. Oiee
    Bem que você poderia falar qual é a explicação cientifica para este caso, mesmo ela sendo uma piada...

    ResponderExcluir
  14. eu já vi um...do homem aranha....kkkkkk
    zueira...é que eu tinha um jogo do super nintendo ki chama Maximum Carnage em q o homem aranha tinha um DOPPELGÄNGER!!!..enfim adorei a materia!!!

    ResponderExcluir
  15. Lucas m.g (eu)
    Digitando pelo cel xD

    Uma vez eu tomei esporro da minha familia quando eu tinha 13 anos, a gente estava de ferias em uma casa alugada em iguaba grande Rj, meu pai mandou eu fazer um favor a ele de ir na padaria comprar pao, ate ai td bem, eu tinha saido de casa quando eu chego em casa com o saco de pao na mao eu sou recebido com bronca por ter demorado num banho que nao tomei antes de sair de casa, sendo q nem banho eu tinha tomado ainda, era 10 da manha ainda e tinha acabado de acordar e na casa so estava eu e meu pai, e ele me disse q assim q sai do banheiro "eu" fui na padaria sendo q eu nao demorei nem 5 min ate a padaria e a volta para a casa...

    Ate hj eu fiquei com isso na cabeça.

    ResponderExcluir